Governo investe mais de R$ 12 milhões em obras de infraestrutura e turismo

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A região de Barra do Garças recebe importantes investimentos do Governo do Estado para fortalecer o potencial turístico, firmar o município como segmento econômico de destaque e dar melhores condições à população, totalizando R$ 12.334 milhões em obras em andamento e outras já entregues.

Um exemplo são os projetos do Programa de Desenvolvimento Sustentável de Turismo de Mato Grosso (Prodestur), coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec) com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Um deles é o Centro de Eventos de Barra do Garças, que está com obras em pleno andamento e a previsão é que seja entregue ainda no primeiro trimestre de 2017. O projeto está orçado em R$ 7,4 milhões.

Quando concluído, o espaço promete ser um incremento ao turismo de eventos e de negócios na região, atividade considerada como um dos segmentos que mais contribui na captação de turistas para o local. Será também um espaço de lazer e entretenimento para a população, com a realização de eventos culturais, esportivos, entre outros. O projeto desenvolvido para o Centro de Eventos contempla cinco opções de uso: auditório, salão principal e três salões. O auditório terá capacidade para acomodar até 555 pessoas sentadas.

“Este projeto era uma demanda antiga da população de Barra. A Região já tem naturalmente a vocação para o turismo e nada mais justo do que abrigar um espaço como um Centro de Eventos que permitirá fortalecer as ações para a atração de turistas e gerar mais desenvolvimento”, explica o secretário adjunto de Turismo da Sedec, Luis Carlos Nigro.

Pontal do Araguaia

Outra boa notícia para a população do entorno de Barra do Garças é a revitalização da Avenida Universitária, em Pontal do Araguaia. As obras estão em estágio final. As construções que beneficiam a Avenida Universitária de Pontal do Araguaia, deverão ser concluídas até o final deste ano. O projeto com recurso do BNDES, está custeado em R$ 2,3 milhões e integra o pacote de ações do Prodestur.

A obra de revitalização da pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais é importante em função de vários fatores, tais como: orientação correta dos motoristas e pedestres; redução de acidentes de trânsito, já que a pavimentação melhora a trafegabilidade e aumenta a segurança das vias. Também serão feitos serviços de iluminação e sinalização vertical e horizontal da Avenida.

“A melhora da qualidade de vida no município através do desenvolvimento da estrutura urbana facilitará o acesso de turistas para a cidade, que juntamente com Barra do Garças, forma um importante polo turístico de Mato Grosso. Toda a região é bastante procurada para o turismo de aventura, o ecoturismo e o etnoturismo”, ressalta Nigro.

A Prefeitura de Pontal também passou por reforma, com recursos da pela Secretaria de Estado das Cidades (Secid), no valor de R$ 432 mil.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Aviação regional

Uma ação de destaque bastante aguardada pelos moradores da região é a reforma do aeroporto local, que passará a receber voos regionais da empresa aérea Azul. A reforma é resultado da parceria entre o Governo de Mato Grosso, por meio das Secretarias de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) e de Desenvolvimento Econômico (Sedec), e a Prefeitura Municipal. Foi investido aproximadamente R$ 1,5 milhão em recursos do Governo do Estado na construção da cerca operacional e na aquisição do maquinário de raio-x do aeroporto. A reforma do novo terminal do aeroporto ficou a cargo da prefeitura.

O voo Cuiabá-Barra do Garças faz parte das ações do Programa Voe MT, idealizado pela Sedec com intuito de fomentar a aviação regional, contribuindo para transformar o turismo em um dos principais pilares do desenvolvimento econômico do estado.

O Voe MT foi criado para fomentar e democratizar o transporte aéreo e diversificar as cidades a serem atendidas com voos regulares. Pelo programa as companhias aéreas podem obter redução da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para compra de querosene de aviação.

A redução é progressiva, de 20% a 84%. Atualmente, as companhias aéreas pagam uma alíquota de 25% na compra do combustível. O querosene de aviação representa mais de 40% nos custos de operação de uma empresa aérea.

Águas Quentes

Outra ação que fortaleceu o turismo na região de Barra do Garças foi a revitalização do Parque das Águas Quentes ‘Antônio Carlos do Nascimento’. O parque fica dentro do perímetro urbano do município e chega a receber 30 mil pessoas por mês, entre turistas e moradores, segundo informações da Secretaria Municipal de Turismo.

Situado em meio uma imensa área verde, o parque abriga um ambiente único, com águas termais distribuídas em piscinas, cascatas, ofurô, toboágua e o famoso Córrego da Preguiça. Os turistas que visitam o local ainda podem curtir o inusitado bar molhado (construído em meio a uma das piscinas) e um restaurante panorâmico.

As águas termais, com temperaturas que variam de 31 a 43 graus, são utilizadas ainda para fins terapêuticos, como tratamentos de fisioterapia. “O parque, inclusive, oferece um programa voltado aos idosos, que é um sucesso”, explica a secretária de Turismo de Barra do Garças, Mônica Porto.

O projeto de revitalização do local, custeado pela Secid no valor de R$ 702 mil, contemplou o reparo de cinco piscinas termais e a manutenção do chamado Córrego da Preguiça, que corta todo o parque e é uma das maiores atrações do lugar. Além disso, o chamado escorregador de boias (toboágua) também passou por reforma e tem à disposição dos visitantes boias coloridas, um atrativo a mais para quem frequenta o complexo.

Segundo Mônica Porto, as piscinas do parque nunca tinham sido reformadas desde a construção, em 1998 e, devido ao desgaste do tempo, apresentavam infiltrações. “As piscinas foram totalmente reformadas. Houve um trabalho hidráulico para barrar os vazamentos e elas também receberam pintura”, relatou.

Prodestur

O programa faz parte da estratégia do Estado em fomentar o turismo local, por meio de investimentos em obras na área de infraestrutura. Para que os valores voltassem a ser liberados, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec) atuou na readequação das exigências de viabilidade econômico-financeira do BNDES. Atualmente, o Prodestur tem como foco a realização de investimentos de infraestrutura e promoção turística nas regiões que formam o chamado “Corredor Turístico”, sendo elas: Pantanal, Chapada dos Guimarães, Nobres e Baixada Cuiabana, além da região do Araguaia.

Levantamento realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec) mapeou 38 atrativos turísticos no polo Araguaia. Os atrativos, aliados a obras de infraestrutura e acesso, podem ajudar na transformação e fortalecimento econômico da região.

Fonte: Agoramt

By TurismoMT

NOVA ARTE TURISMOMT RGB

Anúncios

12 paraísos pouco explorados e baratos para visitar

Existem muitos lugares inexplorados e com ótimas opções de hospedagem pelo mundo. Conheça nesta lista algumas delas:

 

1- Praia de Agonda

Situada no litoral sul de Goa, um estado da costa oeste da Índia, a praia de Agonda ainda é quase deserta e você pode alugar uma barraca de praia por US$ 4 por dia. Mas não há muito o que fazer em Agonda, exceto curtir a praia.

Reprodução/indiamarks

Reprodução/indiamarks

2 -Avarua

A capital das Ilhas Cook, na Nova Zelândia, tem praias tropicais maravilhosas comparadas as do Havaí e Taiti, mas o valor médio de aluguel é de US$ 130 por mês, o que é muito mais barato que nos outros lugares citados. O turismo, neste lugar, ainda é pouco divulgado. O visitante vai poder observar baleias, fazer caminhadas e mergulho. Os estrangeiros não podem comprar imóveis na ilha, mas podem alugar, sem problemas.

Reprodução/visitcapitalcity

Reprodução/visitcapitalcity

3-Český Krumlov

Localizada no sul da República Checa, é considerado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, onde há um castelo, ruas de paralelepípedos e um clima medieval que culmina com uma celebração do solstício de verão que vagamente se assemelha a uma feira renascentista, chamada de Festival da Rosa de Cinco Pétalas, com show de fogos de artifícios. Nesse festival você vai comprar um prato de comida para três pessoas por US$ 20 e alugar um quarto por US$ 13 o dia.

Reprodução/czechtourism

Reprodução/czechtourism

4-Praia de Cocoa

A praia de Cocoa está localizada no sudeste do Vietnã, onde o visitante pode passear pelos 11 mil hectares de floresta tropical ou mergulhar com snorkel para avistar os recifes, além de desfrutar de praias desertas durante a semana por um aluguel de US$ 6 por dia. Vale a pena visitar o Binh Chau Hot Springs, onde há vários lagos e um aquífero rico em minerais.

Reprodução/triprules

Reprodução/triprules

5-Guanajuato

Esta cidade fica bem no meio do México e é conhecida como o “Brooklyn” do México, devido às atividades intelectuais. Nesta cidade dá para alugar um apartamento por US$ 6 por dia, ou comprar uma cerveja por US$ 1. Um dos atrativos da cidade (ou não) é a presença de muitas múmias, originárias de um surto de cólera nos meados do século 18. Vale a pena visitar a cidade durante o Festival Internacional de Cervantes, em homenagem ao autor de Dom Quixote.

Reprodução/bbqboy

Reprodução/bbqboy

6-Hainan

Hainan é a menor província da República Popular da China e é conhecida como o Havaí do Oriente, na tentativa de incrementar o turismo, que também inclui uma política zona franca na ilha, apesar de um estrangeiro só poder gastar US$ 770 de cada vez. O aluguel de um quarto na ilha gira em torno de US$ 10 por dia. Para os amantes do golfe, a ilha possui três campos completamente equipados e modernos.

Reprodução/fravelmag

Reprodução/fravelmag

7-Iquitos

A capital da Amazônia Peruana é uma opção muito mais barata do que visitar a Amazônia brasileira. Lá, uma refeição para três pessoas custa em média US$ 13 e você pode encontrar hospedagem por US$ 6,50 por dia, em casas de madeira com telhado de palha. Além de ótimo lugar para descansar, o contato com a natureza e com animais selvagens, como ariranhas, peixes-boi e macacos são atrativos do local.

Reprodução/bestplacestotravel

Reprodução/bestplacestotravel

8-Koh Tonsay

Situada no sul do Camboja, esta pequena ilha ainda preserva mata nativa e você pode ficar hospedado em um bangalô na beira da praia sem ser perturbado, já que a ilha quase não tem turistas, apenas habitantes locais. Aproveite sua estada na ilha para desfrutar de muitos pratos à base de frutos do mar.

Reprodução/angkorfocus

Reprodução/angkorfocus

9-Ksamil

Situada no extremo sul da Albânia, sobre o Mar Adriático, Ksamil é uma pequena cidade que faz parte do Parque Nacional Butrint, mas ao contrário da Itália ou da Grécia, ainda é pouco explorada e você vai conseguir se hospedar por apenas US$ 4 por dia. Além de poucos turistas, a cidade tem também poucos habitantes, cerca de 2 mil. O melhor a se fazer no local é desfrutar das 30 espécies de peixes encontradas na região por cerca de US$ 6 a refeição, tudo isso acompanhado de vinhos locais, que custam também US$ 6 a garrafa.

Reprodução/departamentotermasdechillan

Reprodução/departamentotermasdechillan

10-Las Trancas

O Vale de Las Trancas é um lugar barato e ainda próximo a muitas das melhores pistas de esqui do Chile, onde é possível alugar um apartamento por apenas US$ 10 por dia. Além das pistas de esqui, o turista pode praticar o “snowboard” e caminhadas. Quase todos os quartos dos hotéis estão equipados com banheiras de hidromassagem.

Reprodução/pearlisland

Reprodução/pearlisland

11-Ilhas Pérola

Localizadas no Panamá, as Ilhas Pérola situam-se no golfo do Panamá, no Oceano Pacífico. Muitas das ilhas que formam as Ilhas Pérola são desabitadas, então, você pode até conseguir viver lá sem pagar aluguel, mas pode também alugar uma hospedagem perto da praia por US$ 10 por dia. Até os anos 70, apenas piratas habitavam o local, mas, desde então, foram construídos vários resortes, mas ainda há muitas praias totalmente desertas.

Reprodução/pearlisland

Reprodução/pearlisland

12-Veliko Tarnovo

Localizada na Bulgária, é uma das cidades mais antigas da Europa, com evidências de ocupação que datam de 3000 a.C. e que tem muita história para contar, por isso é conhecida como “cidade dos czares”. Seu litoral na costa do Mar Negro é tão belo quanto a famosa Riviera Francesa, mas bem mais barata. Na Bulgária pode-se comprar uma cerveja por apenas US$ 0,80 e você pode alugar um apartamento por US$ 6 por dia.

Reprodução/tarnovo-guide

Reprodução/tarnovo-guide

do BOL

BY TURISMO MT

NOVA ARTE TURISMOMT RGB

 

Prazo de atualização do Mapa do Turismo Brasileiro vai até o fim de abril

Prazo de atualização do Mapa do Turismo Brasileiro vai até o fim de abril

O Ministério do Turismo prorrogou para 30 de abril o prazo para que representantes dos Estados indiquem as regiões turísticas e municípios que farão parte do novo Mapa do Turismo Brasileiro. A extensão do prazo, que anteriormente finalizaria em 15 de março, foi uma solicitação do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur).

Essa será a quinta edição do Mapa do Turismo Brasileiro, instrumento que define o escopo de atuação das políticas a serem desenvolvidas e implementadas pelo Ministério do Turismo.

Para a composição do mapa, MTur e órgãos estaduais de turismo estabeleceram requisitos mínimos, a serem atendidos por regiões turísticas e municípios, a partir do preenchimento de um sistema desenvolvido pela Diretoria de Gestão e Planejamento Estratégico do ministério.

A edição atual do Mapa do Turismo Brasileiro, de 2013, contempla 3.345 municípios e 303 regiões turísticas. A ação faz parte do Programa de Regionalização do Turismo, implementado pelo Ministério desde 2004 para apoiar a gestão, estruturação e promoção do turismo no País.

d706c76e-ec18-478c-85cd-56ef6190d384                                                        Foto: MTur

Fonte: Portal Brasil/  Ministério do Turismo

BY TURISMOMT

NOVA ARTE TURISMOMT RGB

Turismo se aquece com o início da temporada de cruzeiros

Roteiros exploram mais de 200 destinos pelo país. Serão dez navios saindo de Santos (SP) e do Rio de Janeiro

Aerial Rhapsody of the Seas Rhapsody of the Seas - Royal Caribbean International

Aerial Rhapsody of the Seas
Rhapsody of the Seas – Royal Caribbean International

Com a chegada do verão, começa também a temporada de cruzeiros. São várias as opções de pacotes para embarcar em grandes navios que chegam a visitar mais de 200 destinos pelo país – dos mini-cruzeiros, com até quatro dias de duração, aos roteiros mais longos e com mais paradas.

De acordo com uma grande agência de turismo brasileira que comercializa pacotes de cruzeiros, a temporada que começa em novembro e se estende até maio de 2016, promete ser boa. Serão dez navios saindo de Santos (SP) e do Rio de Janeiro com destino ao litoral.

Para atrair mais passageiros, a empresa congelou o preço do dólar a menos de três reais. A condição também se estendeu aos pacotes de bebidas, excursões e serviços de spa, adquiridos antecipadamente. “Com essa estratégia, esperamos a ocupação total em nossos navios”, disse o porta-voz da agência.

O presidente da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos, Marco Ferraz, revela algumas das vantagens de viajar a bordo de um navio: “Não precisa desfazer mala a cada cidade que se passa e tem-se uma visão diferente dos destinos turísticos”, afirmou.

A viagem de cruzeiro é uma oportunidade que o brasileiro tem de conhecer melhor o litoral de seu país, segundo o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves. “Vejo muitas pessoas fazendo viagens de navio pelo Caribe, pelas ilhas gregas, mas temos aqui um potencial enorme para explorar em nossa costa. Somos o país número um do mundo em recursos naturais”.

Grande parte das atividades turísticas no Brasil são realizadas nas proximidades de espelhos d’água, como praias, lagos, rios e estâncias hidrominerais. São cerca de oito mil quilômetros de litoral e cerca de 35 mil km de vias internas navegáveis no Brasil.

O Ministério do Turismo já investiu mais de R$ 570 milhões na estruturação e requalificação de atrativos e complexos de turismo e lazer que dão vida às orlas marítimas, fluviais e lacustres do País.

http://www.turismo.gov.br/

BY TURISMOMT

NOVA ARTE TURISMOMT RGB

Brasil é eleito melhor destino turístico entre países emergentes

BRASIL_TURISMO

Foto Ilustrativa

Ranking elaborado pelo site Skyscanner recomenda atrações como a Floresta Amazônica, as igrejas de Ouro Preto (MG) e o Museu Imperial, em Petrópolis (RJ)

MuseuImperial_Dia

Foto Ilustrativa

O Brasil ficou em primeiro lugar em uma lista dos melhores destinos emergentes do mundo para conhecer em 2015, elaborado pelo site Skyscanner. A lista levou em consideração apenas locais que ainda “não estão na moda”, mas que têm grande potencial de se tornar ícones do turismo mundial no ano que vem. Segundo os avaliadores, a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos de 2016 estão ajudando a fazer do país um dos lugares mais interessantes em 2015, a frente de destinos como Nicarágua, Coreia do Sul, Taiwan e Grécia.

floresta_amazonica

Foto Ilustrativa: Floresta Amazônica

“Com novos aeroportos e novas estradas, explorar o Brasil nunca foi tão fácil”, anunciou o site Skyscanner, ao divulgar a lista. As opções no país, de acordo com o portal, vão desde roteiros pelas favelas do Rio de Janeiro a viagens pela Amazônia. Além disso, o site destaca as ofertas de hotéis de alto padrão construídos para os jogos de 2016. “O Brasil é famoso pelo futebol e pelo Carnaval, mas tem muito mais a oferecer”, disseram os organizadores do ranking, que também montou uma lista com as 10 melhores coisas a se fazer no país.

cidade-de-Ouro-Preto-Minas-Gerais

Foto Ilustrativa (Igrejas Ouro Preto -MG)

A lista inclui, nas três primeiras posições, passeios para conhecer a Floresta Amazônica, as igrejas de Ouro Preto (MG) e o patrimônio histórico de Petrópolis (RJ), definida pelo site como “Cidade Imperial”. A culinária brasileira também marca presença na lista, com recomendações para o açaí de Belém (PA) e peixes típicos dos rios de Manaus (AM).

petropolis

Foto Ilustrativa: Patrimônio Palácio de Cristal – Petrópolis – RJ – Brasil

Dados do Ministério do Turismo mostram que 47% dos estrangeiros que visitam o Brasil, o fazem em busca de lazer. Desses, 64,2% procuram atrações de sol e praia e 21,3% praticam o ecoturismo ou turismo de aventura. O gasto médio desses estrangeiros é de US$ 73 por pessoa. Em 2014, devido à Copa do Mundo, a expectativa do MTur é a de que os turistas estrangeiros trarão mais de US$ 6,7 bilhões ao país, volume recorde para a série histórica do Banco Central, que tem início em 1947.

Ouça aqui comentário em que José Francisco Lopes, diretor de Estudos do MTur, comenta o gasto de estrangeiros no país e destaca benefícios da exposição do Brasil com a Copa.

Ministério do Turismo

BY TURISMOMT

cropped-nova-logo5.jpg

Prefeito sanciona lei que cria Secretaria de Cultura, Turismo, Lazer e Juventude

pvacul

O prefeito Érico Piana sancionou na tarde de segunda-feira (18/08), a lei que cria a Secretaria Municipal de Cultura, Turismo, Lazer e Juventude de Primavera do Leste.

O evento ocorreu no Centro Cultural e contou com a presença do vice-prefeito, Eraldo Fortes, secretários, vereadores, atores, bailarinos, músicos, promotores culturais, jornalistas e membros da classe artística do município.

Os artistas presentes autografaram quadros com a sugestão da logomarca da Secretaria e em seguida presentearam as autoridades que participaram do evento.
Para o coordenador Wanderson Lana, a administração municipal deu um passo decisivo para a inclusão social por meios de projetos que a futura secretaria poderá fomentar.

A secretária de Educação, Cultura, Lazer e Juventude, Adriana Tomasoni disse que a Secretaria de Cultura era uma reivindicação de muitos anos da categoria e agora uma promessa cumprida da atual gestão.

Para o vice-prefeito Eraldo Fortes, a criação da secretaria representa um impacto muito pequeno diante dos resultados em qualidade de vida para a população.

O prefeito Érico Piana disse que a administração está fazendo ações efetivas para garantir o desenvolvimento do município e a criação da Secretaria de Cultura é um investimento para valorizar a cultura de Primavera do Leste. “A classe artística é privilegiada por ter o dom da inteligência e da capacidade de se comunicar tão bem com o público através da arte” declarou.

A Secretaria de Cultura, Turismo, Lazer e Juventude de Primavera do Leste, que será desmembrada da Secretaria de Educação, Cultura, Esportes, Lazer e Juventude e da Secretaria do Desenvolvimento da Indústria, Comércio, Agricultura e Meio Ambiente, iniciará suas atividades a partir de janeiro de 2015 e terá como secretário o hoje coordenador Wanderson Lana.

noticiasdematogrosso

By TurismoMT

NOVA ARTE TURISMOMT RGB

Jaciara e Chapada são boas opções para turistas / Jaciara and Chapada are good options for tourists

Durante a Copa do Mundo 2014, Cuiabá receberá milhares de visitantes, tanto de outros estados quando de outros países. Já pudemos observar estes turistas nos dias que antecederam o jogo do Chile contra Austrália, e a tendência é que cada vez mais a capital mato-grossense seja o destino dos viajantes.

Quando não estão assistindo aos jogos, os turistas procuram pontos turísticos da cidade e seus arredores. Duas boas dicas para essas horas “vagas” são as cidades de Chapada dos Guimarães e Jaciara.

[English Version]

During the World Cup, Cuiabá will receive thousands of tourists, from all over the world. We could see that on the days before the game “Chile X Australia”, and from now on the capital of Mato Grosso will probably receive more and more people.

When the travelers are not watching the games, they search for touristic places to visit. Two cities that are attractive to them are Chapada dos Guimarães and Jaciara.

chapada_dos_guimaraes-13

Chapada dos Guimarães

 

Chapada

Chapada é uma cidade com clima agradável, que possui lugares para visitação e lindas belezas naturais. É também porta de entrada do Parque Nacional. A cidade oferece pousadas, restaurantes e uma praça que, nos finais de semana, funciona como feirinha de artesanato durante o dia e ponto de encontro durante a noite.

A 65 km de Cuiabá, Chapada dos Guimarães é cercada por despenhadeiros, cavernas, cachoeiras, sítios arqueológicas, paredões e piscinas naturais. O acesso à cidade é pela Rodovia é pela MT-251. Para os que não estão de carro, é possível pegar um ônibus na rodoviária de Cuiabá, praticamente de hora em hora.

[English Version]

Chapada

Chapada has an enjoyable weather, and many places to visit. It is the front door of the National Park as well. In Chapada you can find hotels, restaurants and the main square where, on weekends, there is an craft fair during the day, and a meeting point at night.

Chapada is 65km away from Cuiabá, and it is surrounded by crags, waterfalls, caves , natural pools and archeological sites. The access is from the highway MT-251. It is also possible to get a bus on the bus terminal, almost every hour.

Raft-Viva-742

Jaciara

Outra boa opção para o turista é Jaciara, cidade onde se encontram diversas cachoeiras, como a Cachoeira da Fumaça. A cidade fica a 124 Km de Cuiabá, na BR-364, sentido Rondonópolis,e possui atrativos naturais para à prática de atividades de aventura.

[English Version]

Jaciara

Another good option for tourists is Jaciara. In this city, one can see many waterfalls, such as “Cachoeira da Fumaça”, the most famous one. Jaciara is 124km away from Cuiabá, and the access is from the Highway BR-364. Jaciara is also a good place for those who like extreme sports.

 

http://www.olhardireto.com.br/

BY TURISMOMT

 

NOVA ARTE TURISMOMT RGB

%d blogueiros gostam disto: