Cidades-sede da copa das confederações terão 60 dias para registrar fluxo de hóspedes em novo sistema do ministério do turismo

Imagem ilustrativa

Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador terão 60 dias para concluir a adaptação ao novo Sistema Nacional de Registro de Hóspedes

O Ministério do Turismo iniciou na última semana o prazo de 60 dias para que empreendimentos hoteleiros de Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador se adaptem ao novo Sistema Nacional de Registro de Hóspedes (SNRHos). A declaração da movimentação diária deste fluxo no Brasil é obrigatória, de acordo com a Lei do Turismo.

O registro deve ser feito na plataforma online do ministério pelas seis cidades-sede da Copa das Confederações de 2013. Elas são as primeiras a aderir obrigatoriamente ao novo sistema da Ficha Nacional de Registro de Hóspedes (FNRH). O calendário definido pelo governo federal, em portaria, estabelece que as próximas cidades serão Cuiabá, Curitiba, Manaus, Natal, Porto Alegre e São Paulo, em março.

Outros municípios brasileiros começam a adesão somente em 1º de julho de 2013. Para isso, é necessário que o meio de hospedagem tenha cadastro regular no Cadastur. Com a medida, o ministério passa a mapear o fluxo de hóspedes no país. As empresas podem escolher a ferramenta de transmissão de dados: online, quando a atualização é feita em tempo real, pelo endereço eletrônico www.hospedagem.turismo.gov.br; offline, por meio de um programa de computador para registro e inserção das informações; ou por sistema próprio de gestão hoteleira, que deve estar integrado ao SNRHos.

Uma campanha para orientação das empresas vem sendo desenvolvida pelo Ministério do Turismo, dirigida às empresas das seis cidades sede, até o fim do prazo para adaptação no sistema. Depois disso, os estados passarão a fiscalizar os empreendimentos e todo descumprimento da lei estará sujeito às penalidades previstas, afirma coordenador-geral de Serviços Turísticos, Jair Neto.

Sistema

O Sistema Nacional de Registro de Hóspedes  vai armazenar, em meio eletrônico, as fichas preenchidas pelos hóspedes no check-in. O objetivo é modernizar e tornar mais eficiente o levantamento de estatísticas sobre o turismo no país.

Fonte: Portal do Planalto e Ministério do Turismo

BY TURISMOMT

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: