Edital para obras de revitalização da salgadeira sai em 30 dias, diz Teté

Conforme Teté, o edital de revitalização da Salgadeira sai em novembro Fotos: Rodinei Crescêncio/RDNews

O Governo do Estado promete, enfim, investir R$ 5,6 milhões e revitalizar o Complexo Turístico da Salgadeira, fechado há 2 anos. A licitação sai em novembro, conforme a secretária estadual de Turismo, Teté Bezerra (PMDB). Apesar disso, os visitantes só devem voltar a ter acesso ao local no final de 2013, pois o prazo de execução das obras é de 12 meses.

O terminal foi lacrado com tapumes para impedir a entrada do público depois que o Ministério Público constatou degradação ambiental no local. À época, o MP identificou que o potencial turístico vinha sendo explorado de forma desorganizada, gerando poluição, além da existência de construções dentro de áreas de preservação permanente.

Em 2011, o Governo assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) se comprometendo a apresentar projeto para a recuperação ambiental da região. Em entrevista ao RDTV, a TV Web do PortalRDNews, nesta quarta (3), Teté afirmou que o projeto está na Secopa, passando por adequações exigidas pela secretaria estadual de Meio Ambiente (Sema). “Solicitaram mudança da localização do estacionamento. O projeto também não tinha previsão de destinação dos detritos que serão retirados de lá e isso foi exigido. Haverá necessidade de reflorestar 2 hectares”, diz a secretária.

Teté pondera que esses últimos ajustes já estão sendo feitos e que o projeto final será apresentado ao MP na semana que vem. Disse ainda que os recursos para as obras já foram assegurados pelo governador Silval Barbosa (PMDB) junto ao BNDES. A linha de financiamento é da ordem de R$ 250 milhões. O montante é alto porque, além de Chapada dos Guimarães, os recursos serão investidos em Nobres, Cuiabá e Várzea Grande e nos 4 municípios que compõem o Pantanal (Cáceres, Barão de Melgaço, Santo Antonio do Leverger e Poconé).

Só na Chapada haverá investimento de R$ 14,8 milhões, pois também será contemplada a Cachoeira Véu das Noivas, o Portão do Inferno, o centro da cidade e o Paredão do Eco e Cidade de Pedra. Sem contar as obras de duplicação da MT-251 (Rodovia Emanuel Pinheiro), que custarão R$ 50 milhões.

Quanto ao teleférico, cogitado pelo ex-diretor de Assuntos Estratégicos da extinta Agecopa, Yuri Bastos, a secretária de Turismo pondera, apesar de não ser de responsabilidade de sua pasta, o projeto foi abortado definitivamente. A entrevista com Teté Bezerra, que foi ao ar ao vivo pela TV web, também é reprisada em TV aberta pela TV Liderança (Canal 19), afiliada da TV Gazeta, em dois horários, às 10h30 e às 20h30.

http://www.rdnews.com.br/

BY TURISMOMT

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: