Reassentamento explora turismo em praia de reservatório de usina, em RO

Turistas passeiam pelo píer durante evento realizado pelos moradores (Foto: Cleris Muniz/Santo Antônio Energia/Divulgação)

No local foi reestruturado para receber os novos moradores e turistas. Praia artificial, comidas típicas e biojoias são atrações aos visitantes.

A Vila Nova de Teotônio, a 40 quilômetros do centro de Porto Velho, local para onde foram transferidas famílias que moravam na Vila da Cachoeira de Teotônio, está se transformando em um ponto turístico. No local foi criada uma praia artificial, a beira do lago formado pelo reservatório da Usina Hidrelérica (UHE) Santo Antônio, que é a maior atração da vila. Mas não é só. Há restaurantes, que oferecem pratos típicos – com base em pescados, e artesãos, que comercializam peças variadas, de biojoias a utensílios domésticos.

Segundo Ricardo Márcio Martins Alves, gerente de sustentabilidade da Santo Antônio Energia (SAE), concessionária da UHE, os moradores estão preparados para receber os visitantes. A concessionária contratou uma empresa para realizar treinamentos e consultorias, organizar oficinas aos moradores. “O objetivo é desenvolver o empreendedorismo na região e dar continuidade a uma atividade que já era características dos moradores”, explica Alves.

Para os turistas, moradores e concessionária preparam o lugar com campo de futebol, quadra, píer, praia artificial com cerca de 800 metros de extensão, além de uma área de banho que foi isolada pelo Corpo de Bombeiros.

Píer durante a noite (Foto: Eliênio Nascimento/
Santo Antônio Energia/Divulgação)

Fonte de renda
Desde janeiro deste ano a comunidade realiza eventos para se adaptar às novas atividades, segundo a Santo Antônio Energia. “Centenas de pessoas já visitam o local. E a vila está melhor preparada agora que estava há seis meses”, lembra o gerente.

Ricardo Márcio ressalta que em janeiro foi realizado um concurso onde foi escolhido o prato típico da região, ‘peixe crocante’. Além deste, os visitantes podem degustar escondidinho de pirarucu, filé de dourado, pirarucu de casaca e escabeche de peixe.

No artesanato, os moradores exploram as semente de açaí, tucumã, patuá e macaúba para produção de bolsas, chapéus e biojoias.

“A interação entre a SAE e a comunidade vai continuar, mas é preciso que em algum momento a Santo Antônio comece a sua retirada para que a comunidade assuma integralmente a sua própria gestão”, avalia Ricardo Márcio Martins Alves.

Segundo Alves toda a renda da exploração do turismo é destinada aos próprios moradores que estão em processo de regularização da associação de moradores, o que caracteriza o grupo como profissional.

Praia artificial é a maior atração na Vila Nova de Teotônio (Foto: Cléris Muniz/Santo Antônio Energia/Divulgação)

Informações sobre visitação podem ser obtidas através do telefone da SAE 0800-647-6162.

Ivanete DamascenoDo G1 RO

BY TURISMOMT

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: