ARTIGO – Mato Grosso de olho no mercado internacional

Teté Bezerra – deputado estadual licenciada e secretária de Estado de Desenvolvimento do Turismo de Mato Grosso.

Mato Grosso em seu planejamento para o exercício de 2012 incluiu diversas ações na área do turismo. As feiras locais e nacionais que iremos participar, assim como os “road show” (modelo de workshop, porém realizado em circuito) irão criar a visibilidade que precisamos para sermos inseridos em roteiros importantes. Vale ressaltar que essa proposta faz parte do programa do Governo Silval Barbosa, que considera o turismo na cadeia produtiva, como a atividade do terceiro setor que contribuirá significativamente para economia do nosso estado.

Conseqüência da reunião ocorrida em Cuiabá, em dezembro, com a nova diretoria da CVC, uma das maiores operadoras de turismo do país, ficou decido que a Secretaria de Estado de Desenvolvimento do Turismo (Sedtur) vai apresentar, nos dias 8 e 9 de fevereiro durante o workshop promovido por essa empresa em São Paulo, um planejamento para a realização de “road shows” em importantes cidades do país como, Campinas, o grande ABC, Ribeirão Preto, Porto Alergre, Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo – lembramos que o maior números de visitantes do nosso estado é oriundo de São Paulo. É importante ressaltar que a operadora CVC passa por uma mudança de estratégia com relação a Mato Grosso. A empresa vê agora o nosso estado com uma perspectiva privilegiada de investimento em turismo.

O aumento do poder aquisitivo do povo brasileiro e a inclusão do turismo em seu consumo, tornam o habito de viajar, não só uma postura prazerosa, como também uma efetiva melhoria na qualidade de vida de nosso povo. Esse dado é um importante fator que faz com que Sedtur se preocupe com o mercado e com a imagem do nosso estado.

Precisamos trazer mais turistas a Mato Grosso, mas não podemos nos restringir apenas ao mercado interno, apesar do seu crescimento singular.

A decisão da Secretaria em estar presente nas feiras internacionais do setor é de extrema importância para a divulgação, conquista e consolidação da imagem de Mato Grosso no exterior. O Brasil desperta um interesse espetacular nos países europeus pela sua diversidade cultural, pelo clima e sol abundante, pela natureza, fauna e flora extraordinária. E em Mato Grosso, o Pantanal é crescentemente mencionado como o destino de maior interesse dos turistas estrangeiros.

Os europeus que amam a natureza, que valorizam a preservação e o uso sustentável dos ecossistemas sonham conhecer o Pantanal. Também não é por acaso que o Governo do Estado estará investindo consideráveis recursos em todo Pantanal, contribuindo com a melhoria da infraestrutura nos municípios de Cáceres, Poconé, Barão de Melgaço, Santo Antonio de Leverger e no Distrito de Mimoso.

Cabe à Sedtur, como representante oficial e institucional de um ente federativo, o papel, o compromisso e a responsabilidade, junto com a Embratur – órgão de divulgação e promoção de nosso país no exterior – demonstrar que estaremos, sim, cada vez mais presente nessas feiras internacionais. Alias, a Embratur tem comemorado essa nova postura de Mato Grosso, como bem disse o presidente da empresa Dr. Flavio Dino em um artigo recentemente divulgado e intitulada “Mato Grosso – Bonito por natureza”. O presidente reconhece o valor, a importância e o destaque que o turismo e a natureza devem receber em nosso estado. Esse prestígio também é manifestado por diversas  Embaixadas Brasileiras que demonstram satisfação em ver Mato Grosso cada vez mais presente nesses países.

Nosso estado se faz presente através das operadoras de turismo como, por exemplo, a Interativa Pantanal Expeditions que opera no Pantanal, Chapada dos Guimarães, Jaciara, Juscimeira, Tangara da Serra, Nobres e a capital Cuiabá. Outra operadora que vem ampliando suas atividades é a Confiança Turismo, que já atual em 17 estados brasileiros. A empresa opera em Mato Grosso nos municípios de Nobres, Jaciara, Pantanal e Chapada dos Guimarães com várias pousadas e também opera um city tur por Cuiabá. Já a Natural Mystic Tours que opera no Pantanal através de Poconé estará presente no Workshop da CVC 2012, através de seu diretor proprietário Mirko Vergnanini. Recebemos também com muita alegria a visita a Mato Grosso de Mr. Kees Boele, diretor da Brazil Nature Tours que opera em vários países do mundo como: Austrália, África, Namíbia e no Brasil, Pantanal e Amazônia. Percebemos o crescente interesse dos operadores pelo Brasil e em especial por Mato Grosso.

Em reunião realizada aqui em Utrech (Holanda) onde participaram a Sedtur, a Secretária de Turismo de Cuiabá, Tania Bartelli, o coordenador de Marketing da Embratur, Alexandre Nakagawa e o Sr. Ivens Signorini, responsável  pelo bureau de turismo e trade da nossa embaixada na Holanda, ficou assegurada a realização em Mato Grosso de um FANTUR ainda neste primeiro semestre de 2012, com a participação de operadores e jornalistas dos países Baixos – Holanda, Bélgica, Luxemburgo, que alias, predominam nesta importante feira (Vakantiebeurs) que encerrou no dia 15.

O turismo é um segmento que ocupa o 4º lugar a nível mundial em importância econômica, perdendo apenas para a indústria automobilística, a produção de petróleo e para os produtos petroquímicos. É uma atividade do setor terciário que mais agrega serviços e oportunidades para comunidade local, sendo de relevante importância compreender o envolvimento de todos os parceiros e interessados. A necessidade de se ter bem definido o papel de cada um é Imprescindível. A efetiva parceria da comunidade, do poder público e do privado, faz com que o turismo tenha o devido sucesso. O poder público reconhece ser necessário investir cada vez mais em infraestrutura, e isso já vem acontecendo, vejam-se os projetos das obras, de consultoria, diagnostico e planejamento que a Sedtur e o Governo do Estado tem realizado nos últimos tempos em vários municípios. Contudo todos os outros atores também precisam contribuir. As linhas de crédito, inclusive subsidiado, precisam ser acionadas. Os desafios de mudança de postura e de visão são incontornáveis para que possamos avançar na melhoria e na qualidade dos serviços prestados.

Os turistas, principalmente os internacionais, estão habituados a um serviço de qualidade, que agregue preço compatível com o atendimento. A disponibilidade de um segundo idioma como o inglês é fundamental para a valorização dos nossos serviços. O estado, assim como o sistema “S” e o Ministério do Turismo sistematicamente tem oferecido cursos gratuitos de qualificação em todas as áreas. Não é compreensível que se percam oportunidades como essas. Como disse, o desafio é de todos nós. Da comunidade local, do poder público e do setor privado.

Vamos cada um de nós assumirmos responsabilidades. Acontecendo isso, o sucesso será compartilhado por todos.

Teté Bezerra – deputado estadual licenciada e secretária de Estado de Desenvolvimento do Turismo de Mato Grosso.

BY TURISMOMT

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: