Turismo: o que esperar de 2012?

São Paulo – Para 2012, o setor de turismo acredita em um crescimento de 10% a 15%, tanto em faturamento quanto em número de passageiros. Em 2011, a previsão inicial era de fechar o ano com 15% de crescimento, mas a expectativa atual é que encerre com um crescimento de 20%, o que representa 5,5 milhões de passageiros e R$ 9 bilhões em faturamento.

Segundo o presidente da Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo), Marcos Ferraz, estima-se que no ano que vem o número de passageiros chegue a seis milhões e com um faturamento de cerca de R$ 10 bilhões.

Para Ferraz, a crise econômica que atingiu os países da Europa e a alta do dólar não afetarão o turismo no início de 2012. Isso porque os brasileiros, em busca de melhores preços, têm fechado seus pacotes com uma antecedência maior que em 2010. Segundo ele, as empresas já estão vendendo pacotes para o Carnaval, Páscoa e até mesmo para as férias de julho do ano que vem.

Classe C

Em 2011, ouviu-se muito falar que classe C nunca viajou tanto. Para o próximo ano as empresas continuam apostando no crescimento dessa classe no segmento de turismo.

A facilidade de pagamento e a segmentação dos pacotes oferecidos pelas agências de turismo foram itens que chamaram a atenção desse público.

Na opinião de Ferraz, em 2012 esse público continuará viajando muito e entre os fatores que impulsionam esse crescimento também está o baixo índice de desemprego. “O brasileiro da classe C, que possui férias regulamentares,  está, cada vez mais, incluindo a viagem na sua cesta de consumo e procurando fechar os pacotes com antecedência em busca dos melhores preços e formas de pagamento”, explica Ferraz.

Destinos internacionais

Na opinião do Presidente da Braztoa, assim como Buenos Aires foi uma tendência em 2011, o Peru será o destaque para 2012. Para promover este destino, as empresas irão investir em fortes campanhas publicitárias e em preços atrativos.

“O Peru é um destino que o brasileiro gosta muito, nós já temos ligações com companhias aéreas oferecendo bastante voos diários”.

O Caribe, que também foi um destino muito buscado este ano, é mais uma aposta para 2012. Para esse destino já existem ligações com companhias aéreas regulares e muitos voos fretados para atender à demanda. Em seguida aparecem Cancun, Punta Cana e Barbados.

Já entre os países da Europa, estima-se que a procura será por Portugal e França, seguido por Itália e Inglaterra, que são destinos que sofreram forte impacto da crise e onde é possível encontrar pacotes com até 15% de desconto.

Na opinião de Ferraz, com a crise e o inverno na Europa é possível encontrar promoções de passagens aéreas de ida de volta por US$ 800 para janeiro de 2012. “É um preço muito bom e dever ser aproveitado”, afirma.

Destinos Nacionais

O Nordeste continuará em alta em 2012 e cerca de 42% das viagens realizadas por associados da Braztoa são para esse destino.

“O Nordeste tem uma influência muito grande no turismo doméstico. Ele é o número um e vai continuar sendo, pelo clima, pela cadeia hoteleira e a estrutura que já existe na região”, diz Ferraz.

No próximo ano, também estarão em alta o Ecoturismo e o Turismo de Aventura. Assim, Chapada Diamantina e Lençóis Maranhenses ganharão destaque nesse segmento em 2012.

http://www.infomoney.com.br/

BY TURISMOMT

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: