Expedição percorre Baixo São Francisco para zoneamento turístico

Rio São Francisco

 

Durante duas semanas equipes irão percorrer, por terra e água, locais que poderão compor roteiro turístico na região do Baixo São Francisco.

 A partir da próxima segunda-feira (dia 12), durante duas semanas, uma expedição irá percorrer 12 municípios do Baixo São Francisco alagoano para fazer o levantamento que irá compor o zoneamento econômico turístico da região. Dividida em duas etapas, por terra e por água, a expedição será formada por pesquisadores, técnicos e moradores da região.

A atividade faz parte do projeto Dinamização do Turismo e Sustentatbilidade Ambiental do Rio São Francisco no Estado de Alagoas. Nessa fase de levantamento de informações, que devem servir de base para o zoneamento, serão contemplados os municípios de Piaçabuçu, Penedo, Igreja Nova, Porto Real do Colégio, São Brás, Traipu, Belo Monte, Pão de Açúcar, Piranhas, Olho D’Água do Casado, Delmiro Gouveia e Água Branca.

Entre os dias 12 e 16 a equipe será formada por 12 pessoas que estarão divididas em três equipes. Elas deverão identificar, georeferenciar e entrevistar moradores para traçar os principais pontos que podem compor roteiro turístico por terra: casas de farinha, comunidades tradicionais, engenhos, entre outros. Do dia 19 ao dia 22 será a vez de fazer o percurso por água, identificando a rota que pode fazer parte de um roteiro fluvial.

O principal objetivo do projeto é apoiar o desenvolvimento do turismo sustentável, estimular o desenvolvimento sócio-econômico da região, que é prioritária para o governo do estado, e implantar um modelo inovador de turismo no Baixo São Francisco. Tudo de modo equilibrado e com respeito ao patrimônio histórico-artístico da região.

Os levantamentos já realizados identificam seis grupos de problemas que apontam para a necessidade de fortalecer o sistema de gestão de destino turístico; melhorar o desenho de produtos turísticos no São Francisco; desenvolver os serviços conexos que garantam a viabilidade operativa e comercial dos produtos propostos; melhorar a promoção e comercialização do destino turístico; capacitar e profissionalizar mais pessoas.

O projeto Dinamização do Turismo e Sustentatbilidade Ambiental do Rio São Francisco no Estado de Alagoas é financiado pela Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID), executado pelo Instituto Ambiental Brasil Sustentável (IABS) com apoio do Banco Internacional de Desenvolvimento (BID) e do governo do estado – através do Instituto do Meio Ambiente (IMA) e das Secretarias de Estado de Turismo (Setur), Planejamento e Desenvolvimento Econômico (Seplande).

Fonte:Clarice Maia/IMA

By TurismoMT

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: