Mato Grosso ganha Manual do Guia de Turismo

Pioneira no setor, obra reúne referências teóricas e práticas para o turismo em áreas naturais

Especialista em turismo de Mato Grosso, Leila Cristina de Souza Cunha

A obra certa, no lugar certo, na hora certa. Assim pode ser definido o “Manual do Guia de Turismo”, que será lançado em Cuiabá, no próximo dia 9 (terça-feira), às 19h30.

Organizado por uma das maiores especialistas em turismo de Mato Grosso, Leila Cristina de Souza Cunha, o manual reúne referências teóricas e práticas para o turismo em áreas naturais. O público-alvo é formado por guias profissionais, porém a obra ganha mais relevância num momento em que o estado se prepara para sediar a Copa do Mundo de 2014.

Editado pela Central de Texto, o manual vem preencher uma lacuna na formação dos profissionais do setor, na opinião de Leila Cristina, técnica da Secretaria de Estado de Desenvolvimento do Turismo (Sedtur-MT) e professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso – Campus Cuiabá. Atuando na área de ensino desde 1983, ela constatou que o material de apoio tinha referências apenas de guias de turismo urbanos.

“Como o grande potencial turístico de Mato Grosso é pura natureza, procurei organizar este livro com textos selecionados de diversas origens e autores, e de colaboradores, tendo como objetivo auxiliar os profissionais Guias de Turismo a acompanhar os turistas em suas visitas e itinerários de viagens, dando-lhes explicações sobre os espaços turísticos de nosso Estado”, afirma.

Teoria e prática – O manual aborda a prática do guia em vários segmentos: o ecoturismo, o turismo de história natural, o turismo de pesca e o turismo de aventura. O texto sobre Turismo de história natural é assinado por Ricardo Viegas Casarin, profissional especializado em observação de aves (birdwatching), que aborda também o tema do guiamento de fotógrafos de natureza/vida selvagem – outro segmento turístico de grande potencial em Mato Grosso devido à imensa diversidade de fauna e flora nos três biomas (Amazônia, Cerrado e Pantanal).

Outra colaboradora é a turismóloga e guia de turismo especializada em atrativos naturais Angela Carrión Carracedo, que assina um texto sobre Excursionismo de mínimo impacto. Ela aborda questões de conduta e temas como planejamento, alimentação e saneamento, entre outros que merecem a atenção dos profissionais quando se pratica turismo em áreas naturais.

Ao longo de 140 páginas, o leitor vai encontrar dicas úteis, a legislação do guia de turismo, um glossário com siglas e expressões mais usados no meio turístico, e várias informações e recomendações que podem fazer a diferença num mercado de trabalho em crescimento e cada vez mais exigente. Os textos e quadros são apresentados de forma prática e didática num manual que tem tudo para se tornar um item obrigatório na bagagem de guias e apaixonados por turismo em geral. 

Segundo Leila Cristina, estimativas no Documento Referencial Turismo no Brasil 2011/2014 apontam para consolidação do turismo como produto de consumo do brasileiro, com aumento no número de desembarques domésticos e na geração de empregos formais e informais, além de incremento na entrada de divisas internacionais em função da Copa do Mundo. O fato de Cuiabá ter sido escolhida como uma das subsedes atrai investimentos de quase R$ 1,5 bilhão de modo a preparar a capital mato-grossense para o grande evento. Tudo isso só reforça a necessidade de os mato-grossenses encararem o turismo com mais profissionalismo.

Sobre a autoraBacharel em Turismo, Leila Cristina de Souza Cunha está envolvida com a área desde 1979, quando iniciou sua graduação na Faculdade Niteroiense de Educação, Letras e Turismo (Uniplinio-RJ). Ingressou no mercado de trabalho em 1983, na Agência de Turismo Cuiabá Tur e, em seguida, atuou no Órgão Oficial de Turismo de Mato Grosso – Turimat. Como técnica, participou de vários encontros na Embratur referentes à formação do profissional Guia de Turismo. Em 1993, começou a lecionar no curso técnico de Turismo da ETF-MT (hoje IFMT– Campus Cuiabá), que já tinha em seu currículo a formação do Guia de Turismo Regional de Mato Grosso.

Na avaliação do coordenador da Área de Turismo e Hospitalidade do IFMT, professor Dêmili Fabiano Simeão, o “Manual do Guia de Turismo” é “referência obrigatória” para os cursos de formação de guias de todo País e é um trabalho pioneiro no mercado de Guiamento. “Além do trabalho pertinente à formação, esta obra apresenta, de forma ágil e inteligente, as questões éticas, comportamentais e, principalmente, as obrigações, direitos e deveres no exercício da profissão”, afirma.

Serviço

O que: Lançamento do “Manual do Guia de Turismo – referências teóricas e práticas para o turismo em áreas naturais” (Central de Texto), organizado por Leila Cristina de Souza Cunha
Quando: dia 9 de agosto (terça-feira), às 19h30
Onde: Jardim do Sesc Arsenal – Rua 13 de Junho, s/nº – Centro Sul – Cuiabá
Mais informações: Central de Texto – (65) 3624-5294/

 editora@centraldetexto.com.br

http://www.sedtur.mt.gov.br/

By TurismoMT

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: