De olho na Copa, Mato Grosso aposta na profissionalização do turismo

A sexta edição do Salão Turismo, em São Paulo, movimentou Mato Grosso. Durante o evento, que aconteceu de 13 a 17 de julho, o Estado apresentou projetos inéditos de fomento à profissionalização da gestão do turismo, além de parcerias estratégicas com outras regiões e entidades do setor. A cultura local também foi evidenciada com o artesanato e sua saborosa gastronomia.

Uma das iniciativas é o Programa de Desenvolvimento e Gestão do Turismo (PDGT) em parceria com a Secullos Tour. Pioneiro no país, o projeto consiste em sete etapas de planejamento, implantação, ordenamento, desenvolvimento e consolidação do destino. A ação tem a chancela do Sebrae-MT e da Secretaria Nacional de Políticas do Turismo do Ministério do Turismo. “Com o PDGT, podemos aumentar a atratividade para os visitantes e até coibir a informalidade em equipamentos hoteleiros e de lazer”, avalia a secretária de Turismo Teté Bezerra.

O programa contempla ainda o uso da ferramenta de Ecobooking, que prevê a formação de um grande banco de dados quantitativos e qualitativos referentes ao turismo local. Por meio do sistema online, podem ser contabilizados desde a entrada de visitantes e o consumo em determinado ponto turístico, até um mapa das reservas realizadas.

“É uma preciosa ferramenta que nos possibilita construir o perfil e os anseios do turista”, explica Teté. “É uma grande rede cooperativa, pela qual o relacionamento com os mais diversos players do turismo resultará na melhor experiência para o visitante”, completa.

Parcerias estaduais

Mato Grosso ratificou parcerias estratégicas com outros destinos do Centro-Oeste. Em conjunto com Mato Grosso do Sul, lançou a Travessia do Pantanal, que inclui Cáceres e Poconé (MT), além de Corumbá, Miranda e Porto Murtinho (MS). O roteiro foi oficializado na sexta-feira, dia 15, durante a Tarde Pantaneira. Com o mote Dois estados, um só destino, o programa permite aos visitantes a contemplação máxima de um dos mais importantes ecossistemas do planeta, cuja conservação é fruto do trabalho dos dois Estados.

Com a participação de Goiás, a região do Araguaia deve ganhar novos pacotes especiais para aproveitar seus festivais náuticos e a natureza exuberante – encantadora por cenários que vão de praias e corredeiras a grutas e cachoeiras.

Muita festa

Entre as atrações do estande do Centro-Oeste, os visitantes puderam conferir a confecção da viola de cocho com o artesão Alcides dos Santos, além da arte cerâmica com Julia Rodrigues. Para os dois profissionais, que já participaram do evento, o Salão do Turismo é uma vitrine de conhecimento. Além da confecção, Santos ainda ministrou um curso sobre a história e o processo de produção da viola de cocho.

Também estiveram presentes o presidente da Goiás Turismo, Aparecido Sparapani; a presidente da Fundação de Turismo/Órgão Oficial do Turismo do Mato Grosso do Sul, Nilde Brum; além do vice governador de Mato Grosso, Chico Daltro; e da representante do Sebrae-MT, Eneida Maria de Oliveira.

Rumo à Copa 2014

Cuiabá também está de olho nas oportunidades da Copa do Mundo 2014. A cidade foi sede na última terça-feira, dia 19, de um workshop temático sobre as oportunidades do evento. A capital matogrossense foi a terceira sede da competição a receber o evento, após Brasília e Rio de Janeiro. Realizada no Centro de Eventos Pantanal, a apresentação também contou com apoio da Fundação Getúlio Vargas (FGV) – que comentou sobre o impacto dos megaeventos para as cidades.

http://www.odocumento.com.br/

By TurismoMT

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: