Rio: Dilma inaugura teleférico no Complexo do Alemão

A presidente Dilma Rousseff inaugurou nesta quinta-feira o Teleférico do Complexo Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro. Acompanhada do governador Sérgio Cabral e do prefeito Eduardo Paes, ela embarcou em uma gôndola na estação de Bonsucesso. Em seguida, fez uma parada na estação do Alemão e seguiu de volta para o Adeus, onde ocorreu cerimônia. Cerca de 100 populares aguardaram a chegada de Dilma no morro.

Imagem Divulgação - Secretaria de Estado de Obras - SEOBRAS

O público vai ter que esperar até segunda-feira, quando o serviço começa a funcionar ainda em horários especiais para adaptação. Nos dois primeiros meses, o embarque deverá ser gratuito.

Serão três fases antes do funcionamento padrão. No primeiro mês, serão dois turnos (9h às 11h e 14h às 16h) de segunda a sexta. No mês seguinte, cada turno ganha mais uma hora: de 9h às 12h e de 14h às 17h. “Nesse período, o acesso será gratuito para toda a população”, ressaltou Carlos José Cunha, presidente da SuperVia, responsável pela operação e manutenção.

Em setembro, o sistema passa a funcionar das 8h às 18h. Só em outubro, o horário será definitivo: de 6h às 23h. A partir dessa data, moradores do Alemão cadastrados terão duas gratuidades e usuários de trens terão um embarque gratuito. Em outros casos, a tarifa será de R$ 1 por embarque. O serviço poderá ser estendido para os fins de semana, e o vice-governador Luiz Fernando Pezão disse que o governo estuda ampliar o teleférico para mais duas estações: na Igreja da Penha e nas proximidades do Engenhão – provavelmente na estação de trem de Del Castilho.

Centros de inclusão

O vice-governador Luiz Fernando Pezão lembrou que as estações são centros de inclusão, onde diversos serviços estarão à disposição dos moradores. Haverá posto de atendimento do INSS, agência dos Correios, além de caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil.

Foram seis meses de treinamento para os profissionais que vão trabalhar nas estações do teleférico do complexo. Por ter um sistema contínuo – as gôndolas não param – é necessário atendimento especial a portadores de necessidades especiais no embarque. Turistas poderão pagar R$ 10 para embarcar e desembarcar em todas as estações e ainda ficar com o bilhete de recordação.

http://noticias.terra.com.br/

By TurismoMT

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: