Festa de São Pedro aguarda 50 mil pessoas

A 31ª Festa de São Pedro, tradicionalmente conhecida como  Festa do Peixe, acontece nos próximos dias 2 e 3 no Distrito de Bom Sucesso (15 km), do centro de Várzea Grande. A comunidade a realiza há 31 anos em homenagem ao protetor dos pescadores.

O evento reune turistas, fiéis e devotos do santo de todas as regiões de Mato Grosso às margens do rio Cuiabá. Cerca de 50 mil pessoas são esperadas para o evento deste ano, conforme os organizadores.

A limpeza das cinco toneladas de peixe para o evento começou na última segunda (27) com ajuda de um grupo de 40 voluntários à beira do rio Cuiabá, formado por homens, mulheres e até crianças. Além da limpeza e corte dos peixes, cerca de 140 voluntários se concentram em estruturar o local para o almoço a ser servido.

O prato principal é peixe frito, mandioca e salada de vinagrete ao preço de R$ 10,00.  Par ao menu serão usados 150 quilos de arroz, 10 caixas de tomate, 50 fardos de coentro e de cebolinha cada e 30 quilos de trigo, 50 quilos de cebola e 300 quilos de mandioca.

De acordo com o presidente da Associação de Pescadores, Francinil de Jesus Oliveira, este ano serão utilizados peixes das espécies pacu e tambacu, todos produzidos em tanques. Bello, como é conhecido, explica que as comemorações têm o início às 5h da manhã com alvorada festiva. “Às 8h haverá missa na Capela Divino Espírito Santo, seguida do levantamento do mastro de São Pedro e da procissão terrestre até a entrada do distrito com imagem do santo. Em seguida acontece a procissão fluvial que conta com a participação de 40 pessoas que descem o rio cerca de 2 km de canoa. Os shows artísticos e culturais acontecerão no período da noite”, revela.

A imagem de São Pedro, que há 31 anos faz parte da comunidade, será carregada pela festeira Enil Maria de Amorim. Para Jorge Santana da Silva, que faz parte da comissão organizadora do evento, a emoção da festa está se perdendo por falta de ajuda das autoridades.  Para ele, que participa todos os anos, a festa é um momento de fé, devoção para agradecer as graças recebidas.

 “Os festejos de São Pedro são de extrema importância para a movimentação turística. Tendo em vista o número de pessoas que se deslocam da capital para Bom Sucesso foi um grande avanço para o distrito”, comemora Petrolino Gonçalves da Silva, 71 anos.

“A Festa de São Pedro é a prova real e concreta da colaboração da comunidade local à preservação da cultura mato-grossense. O distrito, seu município e sua gente têm na dignidade de seu povo, no respeito às suas tradições folclóricas, artísticas e religiosas, no seu modo de viver e expressar, nas suas belezas naturais, enfim na sua história, o seu maior e mais valioso patrimônio”, enfatiza Honorato de Magalhaes.  

Se não bastasse o almoço que será oferecido à população, todos os restaurantes de Bonsucesso especializados em vários pratos à base de peixe vão estar abertos também para atender a demanda por uma saborosa comida típica da comunidade.

Além das 12 peixarias que servem a comunidade, os devotos ainda poderão experimentar os doces produzidos por Dona Gutí, ouvir contos e histórias do Seo Fião, ambos personagens históricas da comunidade.

A abertura do evento começa no próximo sábado (2) às 9h, seguida de manhã de autógrafo do livro “Várzea Grande, história e tradição”. Ao meio dia acontece o almoço seguido por show artístico com Nádia Prado e Ministério Já é Novo Estilo. No domingo (3), as festividades têm início às 6h com alvorada. Às 8h é a vez da procissão terrestre e em seguida a fluvial. A Missa campal ocorre às 9h seguida às 11h pela corrida de canoa antes do almoço do meio dia. No período da tarde têm o 1º concurso do maior comedor de ventrecha, apresentações culturais e musicais. A festa será encerrada com grande show.

São Pedro

Festejado no dia 29 de junho, São Pedro é considerado o protetor das viúvas e dos pescadores. Ele foi apóstolo de Jesus Cristo e, depois, encarregado de fundar a Igreja Católica, tendo sido o primeiro Papa. Depois de sua morte, São Pedro, segundo a tradição católica, foi nomeado chaveiro do céu, onde, para entrar, é necessário que o santo abra as portas. Também é atribuída a São Pedro a responsabilidade de fazer chover.

Regina Botelho – Da Redação

Foto: Mary Juruna

http://www.circuitomt.com.br/

By TurismoMT

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: