MT só tem vocação para Ecoturismo

A secretária de Estado de Desenvolvimento do Turismo de Mato Grosso, deputada estadual licenciada, Teté Bezerra (PMDB), afirmou, durante a Cavalhada. Ocorrida em Poconé, no último domingo (19), que a prioridade na pasta será fomentar os potenciais turísticos e os municípios do entorno de Cuiabá.

A atuação específica, segundo ela, será em virtude na Copa do Mundo de 2014, cuja capital será uma das cidades-sedes. De acordo com Teté, o momento é propício para que o governo estadual aproveite o legado que o maior evento futebolístico do mundo trará para o Turismo, que será a infraestrutura.

Entre as cidades beneficiadas com vários projetos citou Poconé que vai receber recursos para recuperação da MT-246 que liga Vila Bela (525 KM) ao município, recuperação da Transpantaneira, das pontes. “Além disso, vamos desenvolver sinalizações turísticas, ampliar a divulgação dos produtos regionais. Transformar o final da transpantaneira no Porto Jofre em um ponto receptivo para os turistas”, salientou. Ela entende que será a hora da consolidação do setor, uma vez que vários países, e o próprio Brasil, terão a oportunidade de conhecer as belezas naturais de Mato Grosso. “Todos os potenciais turísticos e municípios num raio de 200 km de Cuiabá terão um planejamento específico, com investimentos voltados para consolidação do setor. Mato Grosso possui uma diferença de muitos Estados, pois temos aqui três biomas, o Cerrado, o Pantanal e a Amazônia. Esse será o momento de apresentarmos isso para o mundo”, afirmou.

Dentro de um contexto mundial, a secretária explicou ainda que o ecoturismo tem sido muito procurado. Além disso, destacou que a população tem mais poder aquisitivo e procura fazer viagens, visando conhecer as riquezas do Brasil. Os investimentos no setor deverão ultrapassar os R$ 300 milhões até 2014, garantidos por meio do Programa de Desenvolvimento Turismo (Prodetur), do Governo Federal. Dentre as melhorias previstas, está à estruturação dos municípios, construção de Centro de Atendimento ao Turista (CAT), qualificação da mão-de-obra das pessoas que trabalham no setor, implantação de Selo de Qualidade e investimento na informação aos turistas.

A secretária afirmou ainda que os serviços que mais se desenvolvem no setor turístico no Estado é o de serviços. Mas lembrou que em Poconé existem várias pousadas que necessitam melhorar a qualidade da oferta, atendimento de excelência, qualificação entre outros. Lamentou que as cidades de Chapada dos Guimarães (65 km da capital) tem boa estrutura para atender os visitantes. Sobre o potencial em expansão citou Poconé, Nobres, Jaciara e Cuiabá. Para melhorar o setor a secretária ressaltou que é preciso novos investimentos, tanto por parte do poder público, tanto da rede privada. “O turismo se faz com investimentos, pois quanto melhor for a qualidade será mais fácil atrair o setor privado”.

Regina Botelho – Da Redação

Foto: Ednilson Aguiar/Secom-MT .

http://www.circuitomt.com.br

By TurismoMT

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: