Deputado indica adesão de MT ao programa Bem Receber Copa

 legado que a Copa do Mundo de 2014 pode deixar para Mato Grosso e para o Brasil é muito maior do que as obras de infraestrutura e mobilidade urbana. É preciso trabalhar para garantir benefícios diretos na vida profissional do trabalhador que vai fazer a Copa acontecer. Com esse propósito, o deputado estadual Mauro Savi (PR) indicou ao Governo do Estado a adesão ao “Programa Bem Receber Copa”, de iniciativa do Ministério do Turismo (MTur), que visa qualificar profissionais do setor de atendimento aos turistas que virão ao país durante o mundial.

A proposta do Programa Bem Receber é capacitar o setor para atingir padrões internacionais de qualidade nos serviços, focando em pessoas, empresas e destinos. O programa foi desenvolvido em parceria com entidades integrantes do Conselho Nacional de turismo (CNT) dos segmentos de alimentação, transporte, receptivo, hospedagem, entretenimento, negócios e eventos.

O público alvo, de acordo a linha adotada pelo Ministério do Turismo, são os profissionais da chamada “linha de frente”, que terão contato direto com os turistas em diversas áreas.

De acordo com informações do MTur, divulgadas no dia 08 de junho, 230,4 mil brasileiros terão acesso aos cursos do programa entre 2011 e 2013. O programa contemplará profissionais de três segmentos do setor: alimentação fora do lar, meios de hospedagem e agentes de receptivo. O investimento do MTur no programa, nesse período, será de R$ 257,7 milhões.

Em 2010 foram oferecidos 63 cursos, distribuídos em 75,5 mil vagas para sete segmentos: alimentação fora do lar, meios de hospedagem, turismo de aventura, negócios e eventos, agências e operadoras, locadoras de automóveis e receptivo aeroportuário. Em 2011, serão criadas 85 mil vagas. Para 2012, a estimativa é de 81 mil, e, um ano antes da Copa, em 2013, o MTur deve gerar mais 64,4 mil vagas.

Com isso o programa, que foi lançado em abril de 2010 e regulamentado pela Portaria n.º 90 de 22 de dezembro do mesmo ano, cumpre a meta de qualificar 306 mil profissionais do turismo até 2014.

Os cursos são realizados a distância por meio da Escola Virtual dos Meios de Hospedagem. Os alunos participam de aulas presenciais para realização de oficinas de trabalho e avaliação da aprendizagem. A carga horária é de 200 horas e deve ser cumprida em quatro meses. Ao final dos cursos, os participantes recebem certificado. Já os hotéis que capacitarem 80% do quadro de profissionais, recebem o Selo Bem Receber Copa.

Ainda conforme informações do MTur, Brasília (DF), Ponta Grossa (PR), Belo Horizonte (MG) e Natal (RN) são os próximos destinos dos cursos presenciais do Bem Receber Copa Ecoturismo e Aventura.

Entre os cursos presenciais oferecidos nesses estados estão Competências Mínimas do Condutor voltado para condutores de Ecoturismo e Turismo de Aventura; Aprimoramento do Produto, orientado aos proprietários e gestores de empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura, e Sistema de Gestão da Segurança, destinado aos proprietários e gestores de empresas.

O MTur destaca que somente as ações do Bem Receber Copa Ecoturismo e Aventura abrangem 215 frentes de qualificação. Serão oferecidos 121 cursos presenciais, 86 turmas de ensino a distância e oito cursos em vídeo-aulas. O projeto prevê a qualificação de oito mil profissionais em todo o país.

http://www.odocumento.com.br/

By TurismoMT

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: