Reforma do aeroporto é uma exigência da Fifa, explica Teté

Teté Bezerra

Com as obras da Secretaria de Estado do Desenvolvimento do Turismo (Sedtur) relacionadas à Copa de 2014 concentradas num raio de 200 quilômetros da Capital, o primeiro projeto a sair do papel deve ser a reforma do aeroporto de Rondonópolis.

Para isso, o Estado contraiu empréstimo no Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) de R$ 250 milhões, que devem ser liberados ao longo de três anos. “A reforma do aeroporto é uma exigência da Fifa”, explicou a Secretária do Turismo Teté Bezerra (PMDB). De acordo com ela, a federação determina que as cidades-sede da Copa de 2014 tenham um aeroporto de apoio, com acesso por via asfaltada e duplicada distante, no máximo, 200 km da Capital. “O único que tínhamos era o de Rondonópolis”, completou.

Desta forma, para atender as exigências da entidade, o projeto prevê a ampliação da pista de pouso e do terminal de passageiros. A obra deve custar aproximadamente R$ 8 milhões e será executada com a primeira parte dos recursos do BNDES que, conforme Teté, devem começar a ser liberados a partir do próximo semestre.

Sissy Cambuim

http://www.rdnews.com.br/

By TurismoMT

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: